"Sem reflexão não há evolução."

Jairo Alves

@jairobigbrain

jairo2k@gmail.com

A base das religiões e similares

11/02/2014 20:52

Os testemunhos e depoimentos constituem a base das religiões e similares, pois é neles que todas elas se sustentam. Para provar isso, primeiramente, é preciso explicar como elas conseguem conquistar os seus seguidores. As religiões e similares conquistam os seus seguidores através da evangelização. A evangelização é o processo através do qual as religiões e similares transmitem as suas crenças e valores. O sucesso da evangelização depende dos seguintes elementos: uma história ou estória muito boa e emocionante, uma fonte confiável e um evangelizador que pareça respeitável. A finalidade das estórias ou histórias é transmitir crenças e valores. A finalidade da fonte confiável é legitimar a estória ou história. A finalidade do evangelizador respeitável é disseminar a estória ou história. Para aumentar a confiabilidade da fonte ela é qualificada como sagrada. A fonte confiável sempre é humana, pois até os livros sagrados são escritos por pessoas. Portanto, as evangelizações sempre se utilizam de relatos (depoimentos ou testemunhos) de pessoas que alegam terem presenciado ou participado de eventos que envolvem divindades. Em outras palavras, a comunicação extranaturalé imprescindível para a instituição de qualquer religião ou similar. Todas as religiões e similares se sustentam em comunicações que as suas divindades, supostamente, mantêm para transmitir os seus desejos e valores. Os seguintes fatos são evidência disso: os evangelizadores passam a maior parte do tempodessiminando desejos e valores que supostamente foram transmitidos (comunicados) pelas suas divindades; Quase todos os cultos e rituais se resumem a tentativas de comunicação extranaturais. A única garantia da existência e eficácia deste tipo de comunicação está nos depoimentos e testemunhos das “fontes confiáveis” que sustentam as religiões e similares.  Em suma, aceitar uma religião ou similar se resume a acreditar em uma possibilidade de comunicação que não se aplica a qualquer pessoa, isto é, é como se as leis da natureza não fossem aplicadas á grande maioria. Acreditar nesta possibilidade é uma prerrogativa de qualquer um, mas duvidar também é. Se você quiser ler um pouco mais sobre este assunto leia também: “Reflexões sobre as religiões e similares”.